Instituto Latino Americano de Sepse – Sepse em Foco - Nº 24 - Outubro - 2020
 
 
Prevenir, Reconhecer, Tratar e Reabilitar foram os pilares da Campanha Dia Mundial da Sepse de 2020

2020 tem sido um ano atípico para todos. A pandemia da COVID-19 obrigou a todos a se adaptar a uma nova realidade, na qual um dos principais requisitos é o distanciamento social. Por conta disso, a Campanha do Dia Mundial da Sepse foi totalmente online, mas sempre com o principal objetivo de divulgar para o maior número de pessoas, principalmente à população, para que tenham conhecimento sobre a nomenclatura sepse, além de conhecer o que é sepse.

Para tal, foram realizadas ações de divulgação nas principais redes sociais, como: YouTube, Facebook, Instagram, LinkedIn e Twitter. As ações foram sucesso de audiência. Destaque para as Lives realizadas na semana da sepse, que obtiveram mais de 11 mil visualizações e mais de 1 mil horas de exibição de vídeos no youtube, nosso principal veículo de comunicação na campanha. 

Todas as ações foram focadas em quatro pilares. Confira cada um deles

Prevenção - o principal dos 4 pilares nesta Campanha.  O objetivo é tentar focar na prevenção, principalmente por estarmos no meio de uma pandemia viral em que os infectados morrem por sepse. Prevenir infecção é prevenir, inclusive, a COVID-19 e, consequentemente, previne-se sepse. Por isso a importância deste pilar.
Reconhecimento Precoce - Reconhecendo precocemente, o tratamento adequado pode ser imediatamente providenciado, com mais chances de desfecho favorável e promoção do bem estar do paciente.
Tratamento - Tratamento imediato e adequado baseado nas diretrizes. O reconhecimento precoce + tratamento adequado na primeira hora = melhor prognóstico, sobrevida e menos sequelas do paciente.
Reabilitação – Muito sobreviventes da sepse ficam com sequelas, algumas bastante graves e por longos períodos. Esse é mais um dos desafios para a sepse. Todo paciente séptico deve ter acesso a um plano multidisciplinar de reabilitação ainda durante o período de internação e um plano de alta adequado, que englobe diversos aspectos na recuperação desse doente. Além de evitar nova infecção que é tão comum nos pacientes sépticos.

Ações do DMS 2020:
1 - Realização de 5 lives na semana do DMS
14/09 - Webinar - A importância da escolha do ATB no início do tratamento 
15/09 - Webinar - Sepse em Foco online: aspectos atuais da sepse 
16/09 - Webinar - Procalcitonina e como ela pode ser associada no manejo da sepse? 
17/09 - Webinar - Controvérsias no atendimento precoce da sepse pediátrica 

18/09 - Live - O que é sepse?  - focado para público leigo

2 - Divulgação do guia prático de terapia antimicrobiana na sepse
(Para acessar clique aqui)

3 - Divulgação de vídeo sobre reações do organismo na sepse

(Para acessar clique aqui)
  Voltar