Instituto Latino Americano de Sepse – Sepse em Foco - Nº 18 - Abril - 2019
 
 
ILAS e o Instituto Merieux promovem a segunda edição do “Prêmio Jovem Pesquisador”

Com intuito de promover e incentivar jovens investigadores  promissores que trabalham em questões relacionadas à sepse, o ILAS – Instituto Latino Americano de Sepse e o Instituto Mérieuxpromovem o II Prêmio Jovem Pesquisador.



O prêmio desse ano será entregue durante o Sepsis Rio 2019, que acontecerá nos dias 09 e 10 de maio. Concorreram à premiação pesquisadores da América do Sul e América Latina. A contemplada com o valor de €10.000,00 foi a Dra. Tatiana Maron-Gutierrez, da Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz). O critério utilizado para definição do ganhador se baseava no envolvimento e contribuição significativa na pesquisa de sepse.

“Recebemos trabalhos importantes e grande relevância. Esse tipo de iniciativa é fundamental para o desenvolvimento de novas técnicas e ações de diagnóstico, tratamento e, principalmente, de combate à sepse, um dos grandes problemas de saúde pública na América Central e América Latina”, disse a Dra. Flávia Machado, coordenadora científica do ILAS.



Considerações da Dra Tatiana: "Estou muito feliz por ter sido escolhida para receber o Prêmio Jovem Pesquisador ILAS – Instituto Mérieux 2019. É muito gratificante ser reconhecida pelo meu trabalho ao longo dos anos. Ao receber o prêmio, sinto-me ainda mais motivada em seguir trabalhando com pesquisa básica e translacional na sepse. Importante ressaltar também que em tempos de austeridade e cortes na ciência ter ganho o prêmio propicia a continuidade das pesquisas do meu grupo."

  Voltar