Instituto Latino Americano de Sepse – Sepse em Foco - Nº 05- Março - 2016
 
 
 
Tudo pronto para o XIII Fórum Internacional de Sepse
A décima terceira edição do Fórum Internacional de Sepse está chegando! Nos dias 7 e 8 de abril, profissionais que se dedicam ao tema se reunirão no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo, para debaterem os mais recentes avanços no tratamento da síndrome. O tema central desse ano será “Melhorando o Tratamento da Sepse em Países em Desenvolvimento”.

“A temática põe o dedo na ferida. Diferente dos países desenvolvidos, que já tinham mortalidade mais baixa que a nossa e conseguiram reduzi-la nas duas últimas décadas, em nosso país a mortalidade por sepse segue inaceitavelmente alta. Reduções de mortalidade pontuais, em alguns centros do país, parecem nos dizer que é possível mudar essa realidade, mas ainda não chegamos lá”, disse Dr. Reinaldo Salomão, presidente do XIII Fórum Internacional de Sepse.

O encontro reunirá os mais importantes nomes nacionais e internacionais para falar sobre o tema e para apresentar as novas estratégias para a mudança do cenário brasileiro e em outros países. Serão mais de 60 convidados nacionais e cinco internacionais: Csaba Szabo (EUA), Gustavo Ospina Tascón (Colômbia), John Marshall (Canadá), Massimo Girardis (Itália) e Neill Adhikari (Canáda).

Simpósios Satélites - A edição de 2016 terá três simpósios satélites com palestrantes internacionais vindos especialmente para o Fórum. As sessões acontecem sempre das 12h30 às 14 horas. No dia 7 serão dois: “Novas Ferramentas para o Diagnóstico Rápido da Sepse”, com a Dra. Christine C. Ginocchio (EUA), com o apoio da BioMérieux; e "Sepse - Aumento da Sobrevida é uma Realidade", com o italiano Massimo Girardis, apoio da United Medical. No dia 8, a empresa Thermo Fischer trará o Dr. Corsino Rey Galan (ESP) para falar sobre “Procalcitonin and sepsis: does PCT help in the clinical practice?”.

Novidades – O ILAS, caminhando sempre no sentido da inovação, inovará a dinâmica do Fórum. As formas de interação com a plateia serão ampliadas. Todas as mesas serão equipadas com um celular próprio do evento e terão um moderador de perguntas e respostas, com acesso ao Twitter e ao WhatsApp. O intuito é municiar pessoas mais tímidas com uma forma de se manifestar. Por isso, o papel dos moderadores é crucial para estimular essa dinâmica.

O tempo das aulas também foi alterado para 15 minutos - exceto as conferências internacionais - com o objetivo de deixar o máximo de tempo para as discussões. A Comissão Científica também estimulou os conferencistas a preparem suas palestras em formato mais dinâmico, pois assim o palestrante poderá contar sua vivência e compartilhar seus conhecimentos de uma forma mais participativa. A ideia também e tornar os debates PRO CON em um cenário de defesa de cada ponto.

Para dar um ar descontraído, a Comissão ofereceu a todos os palestrantes uma camiseta do evento para ser usada durante as sessões. E para fechar, no final das atividades de quinta-feira haverá uma festa no local do evento.

Informações e inscrições: www.forumsepse.com.br
 
  Voltar