ILAS | Sepse em foco
 
Instituto Latino Americano de Sepse – Sepse em Foco - Nº 15 - Julho - 2018
 
 
Fórum 2018 reúne os principais pesquisadores em sepse em São Paulo

Mais uma vez, o Fórum Internacional de Sepse, evento promovido anualmente pelo ILAS – Instituto Latino Americano de Sepse, foi um sucesso de público e discussões científicas. A edição de 2018 aconteceu nos dias 31 de maio e 1º de junho.

“O Fórum de Sepse sempre é muito importante para o ILAS e para os profissionais que se dedicam ao estudo da sepse. Percebemos que a cada evento o nosso encontro cresce, tanto em número de participantes, como na qualidade das aulas apresentadas, além de estar mais interativo com a participação cada vez maior dos congressistas em plenária. Uma das grandes novidades para essa edição foi a participação na abertura do evento de Adriele Silva, paratleta que foi vítima da sepse em 2012, com o seu depoimento de superação. E é justamente esse foco que desejamos dar ao Dia Mundial da Sepse 2018, ou seja, na qualidade de vida dos pacientes sobreviventes”, disse Dr. Felipe Dal Pizzol, presidente do XV Fórum Internacional de Sepse.

Adriele emocionou a plateia com a sua história pois em outubro de 2012, quando então com 25 anos, acordou com fortes cólicas e foi ao hospital. Em um primeiro momento, os médicos diagnosticaram pedra nos rins e a receitou analgésicos. Na mesma data a jovem voltou ao hospital porque as dores pioraram e ela já apresentava novos sintomas. Resultado: vários dias na UTI, os membros inferiores amputados devido à sepse não diagnosticada precocemente. Mas Adriele deu a volta por cima e se tornou uma para triatleta medalhista.

E assim começaram as atividades do evento, que contou com aulas de mais de 70 profissionais nacionais e oito nomes internacionais. Foram dois dias de importantes discussões e apresentação de estudos inéditos. No final do primeiro dia (31.05), os participantes relaxaram e interagiram na Festa do Fórum, com muita música e diversão.

Premiações – O XV Fórum Internacional de Sepse também foi o palco de premiações que prestigiaram as atividades do ILAS. O Hospital Estadual de Sumaré (1º lugar), Santa Casa de Maringá (2º lugar) e Unimed Americana e Santa Bárbara d’Oeste (3º lugar) foram os vencedores do Concurso Cultural Dia Mundial da Sepse 2017.

Os inscritos para a premiação descreveram a campanha promovida para a divulgação do Dia Mundial da Sepse 2018, enviando fotos e/ou vídeos dos materiais, que foram avaliados pela Comissão Julgadora. “Consideramos os critérios como a criatividade e a abrangência na divulgação e conscientização sobre a sepse no DMS 2017”, explicou a Dra. Flávia Machado, membro da Comissão Julgadora. A entrega do Prêmio Jovem Pesquisador do ILAS e Instituto Mérieux também ocorreu durante o XV Fórum Internacional de Sepse. O vencedor foi o médico do Rio de Janeiro Dr. Pedro Leme Silva, que recebeu o valor de € 10.000 (dez mil euros).

XVI Fórum Internacional de Sepse – E o ILAS já começa a preparar a edição de 2019 do seu evento. No próximo ano, o encontro acontecerá no Rio de Janeiro nos dias 09 e 10 de maio de 2019, simultaneamente ao International Sepis Forum (ISF)!

  Voltar